quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Capa do último CD do Leonardo: plágio da capa do álbum Riding with the King

Apesar de eu não gostar de música sertaneja (não confundam com música caipira de raiz, que respeito muito), sempre reconheci o talento do cantor Leonardo. Também fiquei muito sensibilizado com o acidente do filho dele, pois sei que pai nenhum gostaria de ver o filho desse jeito.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Customização da minha Fender Mexicana

A primeira pergunta a ser feita antes de uma customização deveria ser: qual o objetivo? Iniciar uma customização sem um objetivo claro é algo que não agrega valor nenhum ao processo e talvez nem mesmo ao produto final.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Sonic Foundry Vegas 4.0 - Vídeo aulas


Talvez você tenha chegado até aqui pois estava pesquisando algum software de edição de vídeo e ouviu comentários sobre o Sonic Foundry Vegas 4.0.

TABELA DE INTERVALOS

As notas musicais mantém relações entre si, expressas pela quantidade de semitons entre duas notas. Essa quantidade de tons e semitons entre duas notas é chamada na Teoria Musical de intervalos melódicos.

Encontre rapidamente a nona dos acordes!




Acordes de 9ª apresentam uma sonoridade muito interessante para diversos estilos musicais. São acordes que soam sofisticados e muito harmoniosos.

Saiba como encontrar os intervalos de nona dos acordes. Isto também se aplica às linhas melódicas.
Entenda mais sobre intervalos no post: http://guitarraemfoco.blogspot.com.br/2012/09/tabela-de-intervalos.html

Passo-a-passo para encontrar a 9ª:
a) Primeiramente defina uma tônica. Exemplo: nota C (Dó);
b) Defina se precisa da Nona maior ou Nona menor;
c) Para encontrar a 9ª, suba 1 tom (ou seja, 2 notas depois da tônica). Exemplo:  C (tônica) - 2 notas acima = D
d) Se você precisa da 9ª menor  (9b), suba apenas 1 semitom a partir da tônica. No caso de C a 9ª menor será a nota C# ou Db. OBS.: As notas C# e Db são a mesma nota, porém com nomes diferentes devido a uma teoria musical chamada de ENARMONIA.

Com esse método, uma vez que você descobriu qual nota é a 9ª (sempre tomando como referência a Tônica ou Fundamental) você deve tocá-la uma oitava acima, isto é, 12 semitons acima. Isto porque na verdade a nota que você encontrou 1 tom acima da Tônica é a 2ª maior. Como a 9ª maior é a mesma 2ª, só que uma oitava acima, então você deve aplicar este conceito na hora de formar o seu acorde de nona.

Por exemplo, o acorde de C9 (Dó com nona) utiliza a nota Ré como a nona, porém este Ré só é tocado uma oitava acima do primeiro Ré que está logo 1 tom acima da Tônica.

Qualquer dúvida, deixe sua pergunta nos comentários.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Guns N' Roses - Sweet Child O' Mine


Sweet Child O' Mine foi um dos grandes sucessos do final dos anos 80. Até nos dias de hoje quando as primeiras notas do riff de introdução são tocados muitos adolescentes param pra escutar e alguns até decidem começar a tocar guitarra. Exageros à parte, assim como o próprio Guns N' Roses, essa canção ficou marcada por ser daquelas "7 ou 70", enquanto uns amam, outros odeiam.

O Guns N' Roses tinha o costume de gravar suas músicas na afinação de Eb. Para afinar a guitarra assim, basta afinar cada corda meio tom abaixo.

Ficha técnica:
Banda: Guns N' Roses
Música: Sweet Child O' Mine
Tom: G/ Em.
Escalas: em alguns momentos a escala de Em é muito usada. Em alguns momentos a escala menor harmônica de E também é empregada. Da mesma forma, licks em pentatônica são um recurso muito utilizado.
Faixas: guitarras de Izzy Stradlin e Slash
Formato do arquivo: guitar pro 5

Sacadas:

O Slash explora muito a utilização de bends, dos mais váriados tipos para criar a melodia tanto nas pontes quanto no solo da música. Muito cuidado com as indicações da tablatura que contém bends de semitom, 1 tom, 1 tom e meio, reverse bend, pré-bend e bends com vibrato.

Em tempo, este solo explora muito da percussividade que uma guitarra elétrica pode oferecer. Este é um recurso muito empregado no rock para dar groove nos riffs e solos. Muita atenção nestes detalhes. Mas a grande sacada que, em minha opinião, não é exclusividade desta canção, mas de todas gravadas pelo Izzy Stradlin, é a base que é muito rica, apesar de utilizar basicamente power chords e acordes maiores e menores.

DOWNLOAD:


domingo, 23 de setembro de 2012

CASO GIBSON


Em 24 de agosto de 2011, o Governo Federal dos EUA ordenou a invasão de instalações da Gibson em Nashville e Memphis para executar um mandado de apreensão de madeira que supostamente teria violado o Lacey Act (Ato Lacey), que é uma Lei nos EUA que trata como ilegal a importação de madeira fora dos critérios legais dos países exportadores.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Enarmonia: entenda melhor os conceitos.



Tenho notado que alguns alunos de violão ficam muito atrapalhados quando vão aprender acordes e notas com os sinais de # e b (sustenido e bemol).

Cifragem básica: como ler os acordes



Parece muito básico, mas tenho certeza que para os totalmente leigos em música deve ser de alguma serventia. A notação utilizada para cifras, ou seja, acordes e também a indicação da afinação em uma tablatura seguem um código de letras.

terça-feira, 3 de julho de 2012

Black Sabbath - Into the Void



Ficha Técnica:
Música: Into the Void

Banda: Black Sabbath
Tom: C#m
Escalas: Penta de C#m/ E

Grandes sacadas:

Praticamente todas as músicas do Sabbath são geniais. Os riffs são a parte mais marcante da discografia do Black Sabbath. Isto é Rock N' Roll!


Mas a grande sacada desta música foi mesmo a afinação, que proporciona o som grave do riff da introdução e dos outros riffs da música.

Nesta versão, optei por mudar a afinação apenas da 6ª corda, que deve ser afinada em C#. Há outras versões na internet em que todas as cordas mudam de afinação, mas optei por mudar a afinação padrão apenas da corda Mizão pois entendo que assim fica mais fácil mudar a afinação na hora de um show. É muito incômodo ter que parar no meio de um show para mudar toda a afinação da guitarra, e dessa maneira basta abaixar o tom  da 6ª corda em 1 tom e meio.


Metallica - The Unforgiven


Ficha Técnica:
Música: The Unforgiven
Banda: Metallica
Versão: Estúdio
Formato: Guitar Pro 5

Faixas: Guitarras limpas de Kirk Hammet e James Hetfield/ Guitarras com distorção de Kirk e Hetfield/ Baixo de Jason Newsted e Lars Ulrich (bateria)
Tom: G/ Em
Escalas: Escala diatônica maior de Sol e Pentatônica de Dó Maior


Grandes sacadas:

Normalmente os solos de rock e heavy metal são feitos sempre com um drive e às vezes com muita distorção. A sacada nessa música foi o solo que se inicia com a guitarra limpa, valorizando a melodia das frases em vez da quantidade de notas. E esse feeling ainda continua quando o solo entra na parte com drive.


Deep Purple - Smoke on the water














Banda: Deep Purple
Música: Smoke on the Water
Versão: original/estúdio
Formato: Guitar Pro 5
Instrumentos disponíveis: guitarra base/ guitarra solo/ órgão/ baixo/ bateria

Ficha Técnica
Tom: Bb ou Gm
Escalas: Pentatônica de Bb e Gm. Escala Bb Jônio com cromatismos.

Grandes sacadas

Uma grande sacada da música fica por conta dos bends no solo que o tornam tão expressivo. O solo ainda é recheado de cromatismos, que sempre foi característica marcante no Rock N' Roll. O tema principal feito em intervalos de 4ª foi uma grande sacada que até hoje faz corações vibrarem mais forte quando é tocado.

Ponto extra para a linha do baixo com seu dinamismo dentro da pentatônica, principalmente na hora do solo e para as viradas de bateria nos tons que formam o groove que faz a "cozinha" dessa música.

Quando for tocar este solo, dê sempre muita atenção aos bends.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Encontre rapidamente a sétima dos acordes.


Encontrar certos intervalos pode parecer uma tarefa espinhosa, principalmente para quem não tem conhecimento nenhum de Teoria Musical. Pensando nisto, resolvi escrever de forma rápida e sucinta sobre como encontrar as sétimas dos acordes. Isto também se aplica às linhas melódicas.

Alter Bridge - Isolation



A transcrição de hoje é da música Isolation, da banda Alter Bridge. O Alter Bridge foi formado pelo guitarrista Mark Tremonti e o baterista Scott Phillips, ambos do Creed, juntamente com o baixista Brian Marshall e o vocalista e guitarrista Myles Kennedy, ex-integrante do The Mayfield Four.

Essa música foi gravada na afinação Drop C, ou seja, a partir da 6ª corda temos C-G-C-F-A-D. Para afinar sua guitarra assim, basta afinar da 1ª até a 5ª corda um tom abaixo. A 6ª corda deve ser afinada 2 tons abaixo.

Ficha técnica:
Banda: Alter Bridge
Música: Isolation
Tom: Cm natural.
Escalas: a mais usada é a penta blues de Cm. A escala de Dó Menor no modo eólio também é utilizada.
Atenção: alguns compassos não estão em 4x4, como na maioria da música.
Faixas: guitarras de Mark Tremonti e Myles Kennedy, baixo (Brian Marshall) e bateria (Scott Phillips)

Formato do arquivo: guitar pro 5 ou 6

Sacadas:
Mark Tremonti (como de costume já da época do CREED) tem o hábito de utilizar acordes SUS 2, ou seja, acordes em que a 3ª não aparece. Nestes acordes a 3ª é substituída pela 2ª maior (ou pela 9ª), o que resulta numa sonoridade ao mesmo tempo pesada e melódica. 

Foram gravados alguns arranjos que soam mais ao fundo e que dão um clima especial em algumas partes da música (Ex.: compassos 6 a 9, 36 a 43 e 78 a 100).

A bateria segue por toda a música com uma levada bem groove, mas nos compassos 32 a 35 Scott Phillips faz uma bateria que lembra as músicas mais tradicionais de trash e death metal, fazendo uma preparação de maneira muito criativa para retornar à 2ª parte da música.



Alice in Chains - Man in the box


Artista: Alice in Chains
Música: Man in the Box
Versão: Estúdio
Faixas do arquivo: Guitarra 1/ Guitarra solo / Guitarra arranjos/ Baixo/ Bateria

Ficha Técnica:
Tom: Em natural
Escalas: Penta blues de Em.
Afinação: Eb
Requisito: Guitar Pro 5

Grandes sacadas:
Dobra de vocais com guitarra no tema principal

Efeitos principais: Talk box no tema principal e wah-wah no solo.

Comentários:
Esta música tornou-se marcante tanto pelo tema principal em que a guitarra dobra com os vocais de Layne Staley, quanto pelo groove dos riffs principais. O solo traz uma grande densidade à música ao misturar elementos do Blues às linhas nostálgicas e cortantes típicas do felling de Jerry Canthrell.


quarta-feira, 11 de abril de 2012

TUTORIAL: CONFIGURANDO O NUENDO PARA GRAVAR COM A INTERFACE ART USB DUALPRE



Comprei recentemente uma interface ART USB DualPre para gravar guitarra no meu “home studio”, he he. Pra chegar a ser um home studio ainda vai um tempo e muito investimento, mas vamos lá. Estou usando esta unidade juntamente com o Nuendo para gravar minhas tracks de guitarra.

sábado, 7 de abril de 2012

ESCOLHA SEU PEDALBOARD PREFERIDO!

Fiz uns modelos de pedal board que me atenderiam satisfatoriamente. São quatro modelos.

Deixe um comentário dizendo qual seria o modelo de sua preferência.

Os pedais que entraram na montagem desses modelos foram os listados abaixo:

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Por que tirar músicas de ouvido é tão difícil?


Quando eu começei a tentar tocar guitarra - porque tocar mesmo eu não tocava, só tentava - eu sentia uma enorme necessidade de tirar músicas de ouvido. Pensava que se pudesse fazer isto não precisaria de ninguém para me ajudar no meu desenvolvimento como guitarrista. Se os grandes mestres da guitarra tinham imortalizado licks, técnicas, acordes, riffs e escalas em seus álbuns, então bastaria tirar de ouvido o que eles estavam tocando e eu seria capaz de tocar o que tocavam. Mais ainda, pensava que assim eu poderia pensar como eles pensavam, ou compor como eles.

Método de treinamento de guitarra: A tartaruga e o coelho

Esse título pode ser um tanto inapropriado, pois o que vou falar aqui não se trata propriamente de um método, mas sim de consciência e disciplina.

Dicas para tirar música de ouvido: cromatismos

Não consigo tirar música de ouvido! Quem nunca passou por isso. Ah, já sei! há pouquíssimas pessoas no mundo com ouvido absoluto. Pra essas pessoas com certeza isso nunca foi um problema.

O Virtuoso


Já estou cansado dessa discussão estúpida da última década a respeito de qual tipo de guitarrista é o melhor: o do feeling ou o fritador. Antes penso que cabe aqui uma consideração: o que é o guitarrista do feeling? talvez este tipo de guitarrista não seja o melhor, porque é muito difícil dizer claramente o que significa ter feeling. Mas por outro lado o guitarrista fritador todos "sabem" definir o que é: aquele que consegue tocar muitas, mas muitas notas em andamentos acelerados e que você quase sempre escuta como se fosse um "OVNI". É algo muito complicado de descrever. Algumas vezes está mais para a imitação de uma furadeira.

Dinâmica


O termo dinâmica é provindo do grego dynamike, significa forte. Em física, a dinâmica é um ramo da mecânica que estuda o movimento de um corpo e as causas desse movimento.

Figuras rítmicas


Entender algumas figuras rítmicas pode ser de grande auxílio quando você pega uma tablatura em sua frente e logo acima tem uma partitura.

TREINOS RÍTMICOS PARA MÃO DIREITA: QUIÁLTERAS


Para treinar a palhetada alternada, utilize os esquemas abaixo, sempre palhetando em direções opostas (p/ baixo e para cima).

Palhetada alternada: Postura de mão direita

Quase todo guitarrista antenado sabe o que significa a técnica de palhetada alternada: tocar invertendo a direção da palhetada, uma vez para baixo outra para cima e assim por diante. Por exemplo, para tocar três notas em uma corda utilizando a palhetada alternada o guitarrista deve tocar ↓ ↑ ↓ ou ↑ ↓ ↑. Mas há alguns detalhes que na maioria das explicações passam despercebidos.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Fender Stratocaster Mexicana: um breve review




E aí pessoal, beleza?
Tô acordado mesmo, essa insônia minha só passa com duas coisas: algumas cervejas ou produzir alguma coisa útil. Minha cabeça está sempre a mil.
Vim para o quarto do computador e peguei minha Fender Stratocaster MIM (Made in Mexico) pra tocar um pouco. Satisfação imensa! Daí a idéia de fazer esse post para falar sobre esta guitarra, que já vi sendo massacrada, humilhada, detonada, cuspida e escarrada em alguns blogs e fóruns aqui pela net, principalmente por amantes da Fender Made in USA, embora alguns Zé Roela da vida que nunca triscaram um dedo numa Fender Mexicana também se prestem a falar mal dela. Mas como eu não gosto de injustiças…

Super Vee: tremolo para guitarras stratocaster


Para quem gosta de alavancadas mais agressivas e já pensou em instalar uma Floyd Rose em sua Strato, mas não tem coragem de mandar fazer todo aquele serviço de luthieria (que não sai barato), há uma alternativa.

Amplificador Peavey Studio Chorus 210


E Aí Pessoal,

Venho falar para vocês um pouco do meu Amp Peavey Studio Chorus 210.

Pedais de efeito para guitarra: do que realmente você precisa?


Uma breve história (se não tiver paciência de ler, pule direto para a seção “Do que eu realmente preciso?”)
Neste ano novo iniciei revendo conceitos.  Estou repensando as decisões que tomei em 2010 e espero que isto possa me guiar em 2011. Em 2010 dei início a montagem do meu setup de pedais e consegui adquirir bastante coisas.

TESTES DE EQUIPAMENTOS: A ilusão das demos de equipamentos no youtube


E aí meus caros leitores,
Tenho andado muito ocupado e sem tempo de parar para escrever por aqui.
Tem um assunto que me veio à mente nestas últimas semanas e resolvi compartilhar com vocês. Trata-se de vídeos demonstrativos e de testes de equipamentos espalhados pela internet. Principalmente pelo youtube.

Seymour Duncan JB jr - Parte 2



No post anterior falei sobre o captador Seymour Duncan JB Jr, instalado na posição da ponte da minha Strato. Agora, passados alguns meses e várias ocasiões em que utilizei esse captador tocando junto com a minha banda, posso voltar e falar com mais propriedade sobre esse captador, além de passar minha experiência para quem esteja pensando em instalar esse captador em sua guitarra.

Seymour Duncan JB jr - Parte 1



Olá pessoal, hoje venho falar sobre a experiência que venho tendo com o captador JB Jr da Seymour Duncan instalado na ponte da minha Fender Stratocaster Mexicana.

Stratocaster e Les Paul: guitarras distintas, impressões únicas.

Antes de começar a ler, caro leitor, tenha em mente que este post tem o único objetivo de expressar minhas impressões pessoais a respeito de dois modelos de guitarra que sempre me fascinaram mais do que qualquer outro: a Stratocaster e  aLes Paul.

Política de privacidade



As condições de uso do blog Guitarra em Foco são garantidas através deste documento de política de privacidade. Estas diretivas aplicam-se a toda e qualquer url a este blog vinculada.

Aos usuários do blog cabe estarem cientes dos termos e condições de uso, bem como da sua política de privacidade e a  utilização do mesmo implica em aceitação, na integra, de todos os termos contidos no presente documento.  Caso o usuário não esteja de acordo com quaisquer dos termos previstos, cabe-lhe o direito de não acessar ou aceder a este site.

Reservamo-nos o direito de modificar esta Política de Privacidade a qualquer momento, sem qualquer aviso prévio ao utilizador.

Cookies

Este site usa “cookies”, ou seja, pequenos ficheiros de dados que são automaticamente criados no computador do usuário, permitindo à tecnologia do site saber informações acerca do seu estado atual em relação ao site.

Ao usuário, reservada fica a opção de configurar o seu navegador de internet (Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome, etc…) de forma a este não permitir cookies para este site, sem que esta ação prejudique o acesso aos conteúdos do site. Reservamo-nos o direito de não nos responsabilizarmos pelo mal funcionamento do blog causado pela desativação dos mesmos.

Web Beacons

Este site pode utilizar ainda Web Beacons, que são arquivos que permitem a transferência ou coleta de informações através da solicitação de uma imagem de gráfico. Web beacons podem ser utilizados para diversas finalidades, incluindo análise de uso do site, auditorias e relatórios de anúncios, além de personalização de conteúdos e anúncios.

Condutas de publicidade

Com o objetivo de conseguir ofertar conteúdo gratuito e de qualidade, assim como de manter uma estratégia de constante desenvolvimento de conteúdo e aprimoramento da experiência para seus usuários, este site trabalha com ferramentas de publicidade.

Ao clicar em anúncios dentro do site o usuário deve estar ciente de que podem ser gerados cookies ou web beacons contendo dados do usuário, tais como localização geográfica, termos do motor de pesquisa, comentários realizados.

A utilização de seus dados de cookies e web beacons para análises de desempenho de blocos de anúncios e estatísticas de visitas é de inteira responsabilidade de nossos parceiros/afiliados.

Termos e condições







Termos

O blog Guitarra em foco, registrado sob o domínio   http://www.guitarraemfoco.blogspot.com/   é um espaço para publicação de conteúdo autoral e de acesso livre e gratuito. Não constitui prática do administrador deste blog a solicitação de doações ou a cobrança de qualquer valor a título de remuneração por qualquer serviço disponibilizado em qualquer das urls vinculadas. 


Qualquer e-mail ou outra forma de contato eletrônico, telefonema ou correspondência virtual ou física enviada em nome deste blog ou de seu domínio deve ser considerada ação fraudulenta. Assim também, qualquer solicitação de cadastramento, alteração ou confirmação de dados deve ser considerada fraudulenta e pode constituir tentativa de apropriação indevida de dados de terceiros por hackers e outros indivíduos mal intencionados na internet.
O administrador não se responsabiliza por quaisquer prejuízos que os usuários deste blog possam vir a sofrer em decorrência de tais ações. Para eventuais dúvidas, favor encaminhar mensagem para o e-mail de contato:rcorts@gmail.com

Condições

Como política padrão deste blog, realizar comentários em qualquer post, página ou enquete onde esteja reservado um campo apropriado para tal fim constitui permissão prévia para qualquer usuário, não havendo necessidade de cadastramento e inclusive reservando-se ao usuário o direito de permanecer anônimo.
O administrador reserva-se o direito de realizar moderação dos comentários que considerar ofensivos, inadequados ou que violarem as leis vigentes no país, principalmente no que se refere à qualquer tipo de discriminação, incentivo ou apologia ao crime e/ou as drogas, bem como à pedofilia.
Comentários considerados “spam” pelo Blogger são automaticamente filtrados e após análise podem ser aprovados pela moderação do site ou rejeitados permanentemente.
download de qualquer arquivo ofertado e/ou apenas contido no site está previamente autorizado em caráter gratuito, desde que não infrinja os direitos autorais de terceiros. Qualquer cobrança que incidir sobre downloads oferecidos no site pode acontecer em decorrência de mudança na política de sites que hospedam arquivos para download e é de inteira responsabilidade destes sites, por exemplo: megaupload.com. Para reportar problemas com downloads ou links quebrados entre em contato através do e-mail: rcorts@gmail.com.
Todo o material textual publicado em qualquer post, página ou enquete deste blog está previamente autorizado para cópia ou reprodução, parcialmente ou de forma integral, desde que citada a fonte. Quaisquer problemas que possam ocorrer em decorrência do descumprimento desta política serão resolvidos com base na lei de direitos autorais vigente no Brasil.

Les Paul: um modelo único


Les Paul, o pai da criança.
Cada modelo de guitarra é um projeto único que visa atender atributos específicos tais como timbre, tocabilidade, sustain, conforto para tocar com a guitarra pendurada no pescoço, bem como a possibilidade de usar uma ponte tremolo e criar efeitos de alavanca. As Les Paul foram projetadas para garantir um sustain e timbre encorpado maior que qualquer outra guitarra.